segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Novo Duster 2014 da Renaut, um carro esportivo e luxuoso.

O novo Duster 2014 da Renaut com frente atualizada com nova grade com duas tiras cromada niguem estava esperando por tamanha surpresa com o lançamento do Duster 2014 da Renaut, um carro esportivo e luxuoso é como ele está agora, com certeza é um dos melhores carros desse ano, inicialmente a idéia da montadora francesa era lançar o novo Duster no segundo semestre de 2014, o modelo 2013 foi considerado vice-lider de vendas em sua categoria.

Versão e preço do Duster 2014


Duster 1.6 16v (flex) – R$ 49.990,00
Duster 1.6 16v Tech Road (flex) – R$ 57.000,00
Duster 2.0 16v Dynamique 4x4 (flex) – R$ 65.070,00
Duster 2.0 16v Tech Road (aut)(flex) – R$ 67.050,00
Duster 2.0 16v Tech Road II 4X4 (aut)(flex) – R$ 68.350,00



O modelo trabalha com motor 1.6 e 2.0 16v com alimentação injeção multiponto e 115 e 142cv de potência e torque de 20.9 kgfm e velocidade máxima de 181km/h e o carro percorre de 0 a 100km/h em 10.4 segundos com consumo em vias urbanas de 7.3km/l e em vias rodoviárias 9.8 km/l e carroceria para 5 ocupantes.

O Duster 2014 da Renaut vem com as dimensões como altura de 1.69m e largura de 1.82m, comprimento de 4.31m e entre eixos de 2.67m, tanque de combustível com capacidade para 50 litros e porta-malas para 400 litros.








































































































































































O carro trás como itens de série tela com multi-funções de 7 polegadas, sistema de navegação, roda de liga leve aro de 16 polegadas, vidros elétricos na dianteira e traseira, limpador de para-brisa com intermitência fixa, retrovisores elétricos, ar condicionado, direção hidráulica e assistida e volante de direção com ajuste de altura, airbag para motorista e passageiros, alarme, travamento central remoto e sensível à velocidade, pneus na medida 215x65 T e 98, computador de bordo com velocidade média, entre outros itens de série.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

O carro da Audi A4 2014 chegou colocando banca no mercado nacional.

A versão Ambiente possui 211 cv de potência e transmissão S-Tronic de dupla embreagem, mas a potência menor não faz do A4 Attraction um carro fraco pelo contrário o sedã vai de 0 a 100km/h em 8.2 segundos e atinge 226 km/h de velocidade máxima, na realidade o carro da Audi A4 2014 chegou colocando banca no mercado Nacional se tratando da categoria sedãs.

Já a versão Multitronic do Audi A4 2014  com motor 2.0 vem também com alimentação injeção direta com potência de 180cv que equivale a 1984 cilindradas com um torque de 32.6 kgfm e velocidade máxima de 226km/h com o consumo em vias urbanas de 10.6km/l e em vias rodoviárias 17.5km/l.



































































































































Entre equipamentos de série se encontram faróis bi-xenônio, luzes diurnas, lanternas com LED, volante esportivo em couro e multifuncional, bancos em couro ecológico com ajuste elétrico para o motorista, ar condicionado automático, rodas aro 17 polegadas, travamento central de controle remoto à distância e freio de estacionamento eletromecânico entre muitos outros itens de série que chega com este elegante carro.

























O Audi A4 2014 conta com as seguintes dimensões, altura de 1.42m e largura com 1.82m, comprimento de 4.70m e entre eixos de 2.80m e trás o peso de 1465 kg, o tanque de combustível com capacidade para 65 litros e porta-malas para 480 litros e carroceria para 5 ocupantes.




























A quinta geração do Audi A4, prevista para chegar em 2015, será acompanhada da chegada de três versões hibridas plug-in ( a bateria pode ser carregada em uma tomada doméstica). A proposta e ter um carro com alta tecnologia e baixo consumo de combustível em um segmento altam ente competitivo.

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Novo carro Renaut Sandero 2014, mais chique e charmoso hatchs popular.

Com a briga já praticamente em alta entre os  hatchs populares para este ano o modelo que já foi reestilizado e ganhou visual reformulado, mais robusto e bem superior ao modelo anterior vendido em território nacional, o novo carro Renaut Sandero 2014 abusa nas linhas e dos recortes da carroceria, fazendo o hatch lembrar o SUV Duster.

O modelo ganhou mascaras na cor cinza nos faróis e lanternas, a versão Privilege tem novas rodas de liga leve aro 15 polegadas, ponteira do escapamento cromada, ele trás puxadores das portas dianteiras em preto brilhante.












Os preços da linha Sandero 2014:


·         Sandero Authentique 1.0 16V Hi-Flex – R$ 28.200.00
·         Sandero Expression 1.0 16V Hi-Flex – R$ 35.080,00
·         Sandero Expression 1.6 8V Hi-Power – R$ 38.300,00
·         Sandero Privilège 1.6 8V Hi-Power – R$ 41.210,00
·         Sandero Privilège 1.6 16V Hi-Flex (automático) – R$ 45.140,00
·         Sandero GT Line 1.6 8V Hi-Power – R$ 40.960,00
·         Sandero Stepway 1.6 8V Hi-Power –R$ 44.090,00
·         Sandero Stepway1.6 16V Hi-Flex (automático) – R$ 49.120,00


O novo Renaut Sandero 2014 hatch popular chique e charmoso vem com as dimensões tais como altura de 1.75m e largura de 1.57m e comprimento de 4.09m e entre eixos de 2.58m com o peso do carro de  1087 kg, tanque de combustível com capacidade para 50 litros e porta malas para 320 litros e carroceria para 5 ocupantes.



O modelo trás câmbio automático ou manual ou automática com modo manual 4 marchas com tração dianteira e suspensão tipo Mc Pherson com barra estabilizadora e roda tipo independente e molas helicoidais e suspensão traseira tipo eixo de torção e roda tipo semi-independente e molas helicoidais, freios ABS com dois discos ventilados e distribuição eletrônica de frenagem EBD, vidros elétricos na porta dianteira e traseira, direção hidráulica e assistida, volante com ajuste de altura, ar condicionado e vários outros itens de série.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Corrente de comando ou correia dentada? 8 ou 16V? É uma grande polemica.

Por que o Brasil insiste em duvidar do motor 16v isso ao longo dos anos se tornou uma grande polemica, primeiramente temos que falar dos cabeçotes multe válvulas, você pode ter um carro 4 cilindros e ter 20v como é o caso dos motores do Audi e Volkswagen 1.8 turbos e aspirados e você pode ter também um motor 20 válvulas com 4 v por cilindro como é o caso do Jetta e do Fiat Marea.

O x da questão é o seguinte por que ainda no Brasil é tão difícil quando se toca nesse assunto de cabeçote 16v,  os mais conservadores até arrepiam no assunto, em certos casos na hora da compra de um carro usado chegam até desistir.

Os motores 16v começaram no Brasil através do Tempra da Fiat foi o percussor dos multe válvulas no Brasil em seguida varias montadoras aderiram ao motor 16v até pouco tempo atrás o Fiat Linea usava o mesmo  motor que o do Palio 16v na realidade a essência era a mesma inclusive usando a mesma correia dentada daquele Palio 1996.

O problema 16v citados que esta ali cauterizado nas cabeças das pessoas é o fato daquela ligação com a correia dentada, ali começava um grande problema dos 16v, a facilidade da quebra daquelas correias onde elas eram finas e sua manutenção era precária, o dono não sabia a hora correta da trocar os manuais confusos tais como condição severa uso normal, isso não entra nas cabeças das pessoas com facilidade, até hoje temos proprietários que acham que condição severa é rodar na estrada.

Também o fato dos reparadores  ou mecânicos não estavam preparados para mexer com aquele tipo de motor, pensa bem nos anos noventa e poucos mecânicos acostumados com motores AP 8v é claro um motor bem mais simples, ai chega aquele motor com duplo comando de válvula as correias eram tão sensíveis que precisava usar uma balança com escala graduada com peso pra poder tencionar aquela correia essa balança era somente usada no tempra e nos motores Fiasa.

A falta ferramental e falta de treinamento e também os donos tinham grande parcela de culpa por que não sabiam a hora de trocar e distinguir o que era condição normal e o que era condição severa por estar acostumado com motor 8v quando quebrava era só trocar a correia e pronto não acontecia o que acontece hoje empenamento total das válvulas e um prejuízo gigantesco, hoje até as correias dos motores 1.0 que é duas vezes mais largas que as correias do tempr                                                           

Com o passar do tempo as coisas foram evoluindo por exemplo hoje temos a Fiat com seus motores multe válvulas que dispensam totalmente a manutenção motores como do Honda Civic e do corolla por que usam corrente de comendo bem melhor em termos de manutenção o 8v com correia dentada.



Aqueles primeiros motores 16v tem que ser temido sim, já os motores atuais concorrentes são motores de tecnologia bastante avançada e a grande sacada a maioria deles já são com corrente de comando.




segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

O carro Honda City 2014, o sedã compacto considerado a versão mais popular do Civic.

O carro Honda City 2014 considerado pela montadora a versão mais popular do Honda Civic, projeto apresentado no salão do automóvel de Pequim em 2013, foi lançado no salão de Xangai oficialmente em Abril. Se destacou nas vendas assim que chegou ao Brasil com esse design extraordinário.

O sedã compacto City é produzido pela Honda desde 1981, a Honda anunciou a chegada as lojas da linha 2014 com quatro versões, incluindo uma novidade, o modelo Sport com um visual mais agressivo.

Versões e preços Honda City 2014


Honda City DX 1.5 16V (flex) – R$ 53.620,00
Honda City EX 1.5 16V ( flex)(Aut.) – R$ 62.190,00
Honda City LX 1.5 16V (flex)(Aut.) – R$ 58.990,00
Honda City Sport 1.5 (flex) – R$ 56.470,00

Com motorização 1.5 o Honda City Sport 2014 vem com alimentação injeção multiponto e 116 cv de potência e 1496 cilindradas e entrega um torque de 14.8 kgfm e tem velocidade máxima de 180 km/h e faz de 0 a 100 km/h em 10.2 segundos.

As dimensões do modelo tais como altura com 148m e largura de 1.69m e comprimento de 4.40m e entre eixos de 2.55m, o peso do carro 1134kg, tanque de combustível com capacidade para 47 litros e porta malas para 506 litros e carroceria para 5 ocupantes, câmbio automático ou manual dependendo da versão, direção elétrica assistida proporcional a velocidade e volante de direção com ajuste de profundidade e altura, ar condicionado, tração dianteira com suspensão tipo Mc Pherson com barra estabilizadora e roda tipo independente e molas helicoidais, suspensão traseira tipo eixo de torção roda tipo semi-independente e molas helicoidais e freios ABS.

O Honda City 2014 trás também computador de bordo com consumo médio de combustível consumo instantâneo de combustível e autonomia de combustível, acabamento de luxo com imitação de alumínio no console central e imitação de alumínio no painel, airbags dianteiros para motoristas e passageiros, rodas de ferro aro 15 com 5.5 polegadas de largura e pneus na medida 175/65 T e 84.

























O Honda City vem com pintura metálica, alarme, travamento central remoto e sensível a velocidade, banco traseiro com capacidade para três lugares, vidros elétrico com acionamento em um só toque, retrovisores elétricos, tomada com saída 12v dianteira além de outros itens de série, o sedã compacto considerado um dos mais bonitos da categoria e também um dos mais vendidos e  a linha 2015 estará ainda mais bonito, vamos falar mais para frente.