MOTOS

Nova ou usada, qual Moto é o melhor investimento ?


O primeiro passo é saber o Porque de você estar adquirindo esta moto. Seja ela uma ferramenta de trabalho,  um simples meio de transporte ou instrumento de status ou lazer?



Seja qual for o uso muitos fatores devem ser levados em consideração antes de sua compra. Nosso objetivo neste artigo é enumerar as vantagens  e desvantagens de se comprar uma moto seja ela nova ou usada e de posse destas informações você possa fazer uma escolha segura ou pelo menos evitar perder dinheiro comprando gato por lebre. 



Uma moto, a não ser que seja usada para trabalho, ou seja, ela é uma ferramenta de trabalho e não um meio de transporte, até pode ser considerada como investimento financeiro, fora isso, nunca será uma boa alternativa para se aplicar recursos visando obter lucro.



As vantagens de uma MOTO NOVA são várias:



Primeiramente a garantia, que nos proporciona a tranquilidade de contar com uma mecânica que não nos incomodará por um longo tempo (é o que se espera de uma moto zero KM - sabemos que às vezes essa verdade não é tão verdadeira);

Além da garantia, o prazer de ter uma moto moderna e "do momento", proporcionando status, que pode ser uma das prioridades do futuro dono;
Uma moto intocada por mãos alheias e poderemos cuidar dela desde nova do "nosso jeito".

O que analisar na hora de comprar motos novas 


Em primeiro lugar, só compre uma moto se for habilitado para dirigi-la. Além do risco de acidentes é infração gravíssima dirigir uma moto sem ter habilitação;
Verifique se o modelo da moto que você vai adquirir pelo consórcio de motos é adequado para você. Ela suporta a distância que você provavelmente percorrerá e a carga que você deseja carregar, incluindo seu peso?;
Faça um teste drive. Andar com a moto é melhor maneira de ver se ela realmente se adapta a suas necessidades;
Se for sua primeira compra de moto prefira um veículo de menor potência. Motos com mais de 400 cilindradas necessitam de alto grau de habilidade. A Associação Brasileira de Motociclistas (Abram) sinaliza que são necessários pelo menos dois anos de experiência guiando motos para utilizar uma motocicleta com mais de 400cc com segurança;

Verifique se a moto é de procedência nacional ou importada. Veículos importados têm impostos maiores. Além disso, é necessário saber se há locais de manutenção de fácil acesso para você e se os custos médios de manutenção são adequados para seu orçamento.
Quem entra numa loja pensando em comprar uma moto como investimento financeiro, pode mudar de idéia. 
Quando compramos uma moto zero, no momento em que é tirada a nota fiscal, já temos uma perda de uns 10% a 15%, e depois de usada por algum tempo esta depreciação aumenta.

Mas uma MOTO USADA também tem suas vantagens e qualidades, dependendo é claro do cuidado dispensado na sua procura, buscando uma moto de um dono zeloso, com pouco uso (baixa quilometragem) e que já tenha sido devidamente depreciada pelo mercado. O objetivo principal sempre foi o de buscar a melhor relação CUSTO X BENEFÍCIO possível.

Ao comprador que não tenha muito conhecimento, que não conheça os "pontos chaves" para descobrir se a moto foi bem cuidada, recomendo indispensavelmente o auxílio de alguém que conheça ou do seu mecânico de confiança.
Jamais faça negociações sem ver pessoalmente a moto que deseja adquirir, fotos podem enganar e maquiar defeitos, além disso, só dirigindo a moto você poderá testar itens como freio, amortecedor e potência;
Não faça adiantamentos se ainda não viu a moto e verificou a documentação, você pode fazer isso no site do Detran.

Equipamentos e acessórios valorizam, mas não agregam valor na hora da venda, apenas ajudam, então você pode retirar esses acessórios e vender em separado ou tendo pressa para venda ou poderá deixá-los, pois da mesma forma acessórios usados também são difíceis de revender.

Para fazer um bom negócio, procure motos com baixa quilometragem em relação ao seu "tempo de vida", motos que pela documentação seja possível comprovar que pertenceram a um dono só, que pelo seu estado de conservação (pintura, borrachas, plásticos) mostrem que foram conservadas por dono caprichoso e cuidadoso - não é difícil encontrar motos assim, basta ter paciência e perseverança pois muita gente compra motos por puro modismo e quando percebem que não levam jeito para a coisa, as põem à venda e é nessa hora que conseguimos fazer uma boa compra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário